espectáculos


"Sencillo"
 Flamenco Tradicional (Sevilla)




 
Promo


Quando pensamos em flamenco inevitavelmente somos transportados para um mundo onde imperam os sentidos, o espontâneo, as emoções e as diferentes formas que esta Arte se propõe a expressá-las.
Há um diálogo constante entre cante, toque e baile, impulsionando uma necessidade de ouvir, de respirar, de estar conectado, para que a comunicação se possa sentir fluída e em harmonia... Quase como que uma metáfora para com o pulsar natural da Vida!
“Sencillo” despe-se assim de pretensões e referencia-se num flamenco simples, sensível, sentido, que encontra nos sentimentos comuns a todos os seres humanos, a matéria-prima para contar esta história! 


Uma co-produção com o Auditório Municipal Augusto Cabrita.








“Identidade F.”
  Flamenco&Fado


Cartaz da estreia


Teaser




Falar de Flamenco é falar de emoções. Falar de Fado é falar de emoções! Ambos são contadores de histórias pessoais e de um povo, expressando as suas angustias e alegrias.

“Identidade F.” surge pelas mãos de uma portuguesa que é bailaora de flamenco. Assim, com muito respeito, sensibilidade e conhecimento, este espetáculo aproxima duas expressões culturais, já de si historicamente vizinhas e com muito em comum, as duas eleitas Património Cultural Imaterial da Humanidade. Não se trata de uma fusão, porque o fado é tocado e cantado na sua forma mais tradicional, trata-se de fazer do baile flamenco um canal que permite transmitir ainda mais o que o fado quer expressar. 

Identidade é tudo aquilo que nos define enquanto seres únicos, o que nos diferencia. Mas mais do que um processo estanque, é antes um conceito em constante transformação e reconstrução, mediante as circunstâncias que ocorrem e a consciência que vamos adquirindo delas, construindo através desse caminho contínuo “Quem Eu Quero Realmente Ser”.

Partindo da premissa que o encontro com o outro é a melhor forma de nos espelharmos e de nos (re)construirmos enquanto seres únicos, este espetáculo fala-nos de Amor. O próprio.
A Dança surge aqui ao serviço desta necessária experimentação dualista: “Não poderíamos conhecer o Quente sem o Frio, o Alto sem o Baixo, o Rápido sem o Lento...” … Surge como um veículo de expressão, de experimentação, de comunicação, de evolução.












"Sola"
Flamenco Tradicional





Estar sozinho é muito diferente de estar só.”
Sola é um espectáculo de dança que, a partir do flamenco tradicional, nos vem falar de um percurso. O do amor-próprio. Sola é também, e por isso, uma declaração de amor. De um amor maior, que atravessa os corpos e não se personifica em nenhum, ou que habita todos. Fala da aprendizagem vital de estar bem consigo, aquela que dissolve toda e qualquer solidão. Mesmo, e sobretudo, quando a sós. Fala de encontros e desencontros e de ser a cada dia um bocadinho mais genuína, mais a mulher que se é, sola. 
Sola soa ainda a uma metáfora da própria vida, apresentando-se como um vinco definitivo na carreira a solo da bailarina e coreógrafa Marta Chasqueira.







Eventos privados
Flamenco tradicional
Flamenco & Fado
Workshops


Solicitar condições através do email marta.chasqueira@gmail.com




Sem comentários:

Enviar um comentário

Flamenco